quarta-feira, 10 de junho de 2015

Senta aqui, vamos conversar: Adotar faz bem!



Eai gente, tudo certo por ai???






Estou aqui para falar da adoção de gatos e cachorros <3



Sábado passado fui na Cobasi (Pra quem não sabe a Cobasi é um meeega pet shop que tem de tudo!), lá tem uma área reservada para adoção dos bichinhos, e sempre que eu vou na Cobasi é lei passar por essa parte.


Nesse dia em que eu fui na Cobasi uma cachorrinha havia acabado de ser deixada lá para adoção e ela já era adulta, quando cheguei ela estava com uma carinha triste que mexeu demais comigo. Cada pessoa que se aproximava do vidro para olhar os bichos da adoção, ela se levantava, sentava e olhava se não era o dono, vendo que não era voltava a deitar e esperar, repetindo o ato de se levantar e espiar a CADA PESSOA que se aproximava. Por favor, se você tem algum bichinho não abandone! NINGUÉM merece ser abandonado.

Para adotar você precisa ter um bom espaço na sua casa para garantir que ele possa se locomover e que tenha diversão, um cantinho somente para a água, ração e uma caminha para descansar. Você também ira precisar dedicar boa parte do seu tempo, já que ninguém gosta de ficar sozinho (Principalmente filhotes).
Quando eu adotei o Dinho meu gato (Vou postar uma foto dele logo abaixo) estava super desnutrido, pulguento e com giárdia. Cuidei dele e hoje ele está lindo, nutrido e sem nenhuma doença, e toda vez que ele me olha é como se me dissesse "Obrigado" e isso é muito gratificante. (Foi a melhor escolha que eu fiz na minha vida) <3








Deixa eu resumir a história aqui pra vocês: 

Meu pai não curte gato, até mesmo por conta que ele gosta de passarinhos e segundo ele os dois não combinam juntos. Certo dia dando um role com a minha mãe, passamos por um pet shop lá no centro do Taboão da Serra, e como de costume sempre entro e vou na parte de adoção \õ/
Chegando lá (ai meu Deeeeeus), foi paixão a primeira vista!
Junto com o Dinho na gaiola, havia mais duas gatinhas, uma era irmã dele e a outra de rua. Sendo sincera, o Dinho era o bichinho mais feio e judiado da gaiola :b 
Tentei brincar com a irmã dele, mas ela me arranhou >:( E a outra fêmea nem ligou pra mim.
Quando disse que foi amor a primeira vista, não estou mentindo. É que na verdade, o Dinho de tão judiado nem me deu tanta bola, ficou todo encolhido no fundo da gaiola. Ai que a mágica aconteceu! <3 (Não foi pq ele me ignorou não, ok?! kkk)

Antes de entrar na loja minha mãe pisou no meu pé e tirou a parte de trás do meu tênis, no que eu me apoiei na gaiola para arrumar, e o meu Dinhozinho agarrou o meu dedo e apertou <3 
(Não com as unhas e sim com a parte fofinha que eles tem nas patinhas <3)

Ai eu terminei de me derreter por ele, e mesmo sabendo que NUNCA eu poderia ter um gatinho, eu o trouxe pra casa! Meu pai ficou quase uns 2 meses falando pouquíssimo comigo, mas eu nem liguei u_u
Não me arrependo, pois como eu disse, foi a MELHOR escolha que eu fiz na minha vida. Por isso eu digo, adotar é tuuuudo de bom!




Sobre como poder ajudar: 



Existem ONG's (Organização não governamental) com informações online de adoção e é legal dar uma olhadinha nesses sites para se ter uma noção melhor. Se você não tiver condições de adotar algum bichinho por questão de espaço ou de tempo, você pode ajudar também essas ONG's com doações de rações, produtos de limpeza, caminhas e etc. Eles aceitam ajuda financeiras também, por mais simples que seja, qualquer ajuda é bem vinda quando é feita por amor!

 

Aqui estão alguns sites de adoção:

www.pedigreeadotaretudodebom.com.br

www.animaisos.org/

www.adotacao.com.br

http://www.caosemdono.com.br


Bj e fiquem com Deus <3 <3 <3 



Deixem seus comentários aqui embaixo sobre o assunto, se você já adotou ou pretende adotar, como foi sua experiência e a sua história.

Nenhum comentário:

Postar um comentário